*Clique nos nomes para visualizar as fichas dos nossos animais.

 
Águia de Wahlberg / Wahlberg's Eagle
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Accipitriformes
Família: Accipitridae

Descrição

A Águia de Wahlberg (wahlbergi Aquila) é uma ave de rapina de médio porte. Mede aproximadamente 55-60cm de comprimento e tem uma envergadura de 130-160cm. A massa corporal é de 1,04 kg para os machos e 1,3 kg para as fêmeas, em média. Como todas as águias, pertencem à família Accipitridae. A plumagem é marrom escuro, a cabeça tem uma pequena crista, e as pernas são amarelas.

A Águia de Wahlberg caça répteis, pequenos mamíferos e aves.

Cobra do Egipto / Egyptian Cobra
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Família: Elapidae

Descrição

A Cobra Egípcia (Naja Haje) é uma cobra venenosa encontrada na África e na Península Arábica.

Pode crescer entre 1,5 e 2,4 m de comprimento. As características mais reconhecíveis numa cobra egípcia são a sua cabeça e capuz. A cabeça é grande e deprimida com um focinho largo. Os olhos da cobra são grandes com uma pupila redonda. A sua garganta pode variar de 15 a 18 centímetros de largura. A cor é variável, mas a maioria das amostras são algumas tonalidades de marrom, muitas vezes com manchas mais claras ou mais escuras, e muitas vezes uma "gota" marca abaixo do olho. As amostras do noroeste da África (Marrocos, Saara Ocidental) são quase inteiramente pretos.

A cobra egípcia normalmente faz a sua casa em savanas secas a húmidas e nas regiões semi-desérticas com pelo menos um pouco de água e vegetação (nunca em regiões desérticas). A cobra também pode ser encontrada em oásis, motivos agrícolas, morros com vegetação esparsa, e gramados. Essas cobras não têm medo dos seres humanos e, muitas vezes entram nas casas. Elas são atraídas para as aldeias por galinhas e ratos que são atraídos pelo lixo. Há também relatos de cobras egípcias nadar no mar Mediterrâneo.

Esta cobra é terrestre e noturna na selva, embora em cativeiro elas parecem tender para diurnalidade. Pode, no entanto, ser vista sob o sol, por vezes, no início da manhã. Ela mostra uma preferência por um lar permanente como tocas abandonados por um animal, cupinzeiros ou afloramentos de rocha e outros, às vezes entra habitações humanas para caçar aves domésticas. Ela geralmente tenta fugir quando abordada, pelo menos por alguns metros, mas se ameaçada ela assume a postura erecta típica, com a capa ampliada. Esta cobra tem como presas pequenos mamíferos, lagartos, sapos, cobras e outros.

A quantidade média de veneno atinge normalmente 175-200 mg numa única mordida. É a quarta espécie de cobra mais venenosa. Tem um veneno neurotóxicos que afecta o sistema nervoso, interrompendo os sinais nervosos sejam transmitidos para os músculos e em fases posteriores parando os que foram transmitidos para o coração e os pulmões, assim, causando a morte devido à completa falha respiratória. O envenenamento provoca dor local, inchaço grave, equimose, bolhas, necrose e efeitos variados não-específicas que podem incluir dores de cabeça, náuseas, vômitos, dor abdominal, diarreia, tonturas, colapso ou convulsões. Esta espécie não cospe veneno.

Curiosidades

A maioria das fontes antigas dizem que Cleópatra e os seus dois assistentes cometeram suicídio por terem sido mordidos por um Aspis, que se traduz em Inglês como "ASP". A cobra teria sido contrabandeadas para o seu quarto numa cesta de figos. Plutarco escreveu que ela realizou experiências em prisioneiros condenados e descobriu que o veneno de aspis é o mais indolor de todos os venenos mortais. Esta Aspis foi provavelmente a cobra egípcia. No entanto, os mitos do seu aparente suicídio têm sido questionada, uma vez que a morte por este veneno de cobra é relativamente lento, e a serpente é grande, por isso seria difícil de esconder.

Crocodilo do Nilo / Nile Crocodile
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Crocodylia
Família: Crocodylidae

Descrição

O crocodilo-do-nilo (Crocodylus niloticus) é uma espécie de crocodilo africano, cuja distribuição se estende desde a bacia do Nilo às regiões a sul do deserto do Sahara a Madagáscar e ao arquipélago das Comores. Esta espécie, é uma das maiores do mundo (o maior crocodilo é o de água salgada), é bastante perigosa para o Homem e foi venerada como divindade no Antigo Egipto.

O crocodilo-do-nilo é, assim como as demais espécies de crocodilos, um animal carnívoro, embora sua boca longa e cheia de dentes curtos e afiados não seja própria para devorar pedaços de carne. Por esse motivo ele carrega a vítima para dentro da água e espera até que a carne fique mais macia.

Os ovos da fêmea do crocodilo-do-nilo são colocados em ninhos na areia e os filhotes demoram de 11 a 14 semanas para nascer. Os ovos e os filhotes são alvos fáceis de predadores, incluindo outros crocodilos maiores. Como é próprio da espécie, os crocodilos-do-nilo fêmeas são mães atenciosas. Constroem grandes ninhos perto da água nos quais põem os ovos, tomam conta dos ninhos por dois a três meses até os filhotes saírem dos ovos e cuidam das crias nos dois primeiros anos. Na maior parte da vida, os crocodilos são solitários; grande número de crocodilos é encontrado junto a locais onde existem alimentos, mas sem formar grupos como manadas ou cardumes, que têm um sentido técnico em outras espécies.

Habitam água doce ou de baixa salinidade, como rios e lagos da África subsaariana. Entre suas várias técnicas de caça, usam a cauda para encurralar peixes ou abater presas terrestres, atacam de emboscada animais grandes e, com as mandíbulas, arrastam-nos até a água ou até mesmo aprisionam animais sob árvores ou pedras para afogá-los. Por terem dificuldade em retirar pedaços das presas, os crocodilos executam o "rolo da morte", usando o peso do corpo para despedaçar a carne das presas.

Um crocodilo-do-nilo adulto é um animal extremamente forte e agressivo. O seu couro grosso o protege de qualquer ataque, sendo os olhos o único ponto fraco. Geralmente vivem muitos anos e seus dentes e patas crescem novamente se perdidos, além disso eles conseguem passar longos períodos debaixo da água e esta capacidade aumenta com os anos. Outra característica sofisticada é que seus olhos possuem pupilas que se dilatam de noite, assim como acontece com os gatos, permitindo que os crocodilos enxerguem muito bem no escuro.

O crocodilo-do-nilo é caçado pelo homem devido ao valor do seu couro, mas não chega a ser uma espécie ameaçada. Entre seus inimigos o que se destaca é o elefante, pois suas patas destroem qualquer crocodilo distraído que estiver no caminho.

Geneta / Genet
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Viverridae

Descrição

Animal carnívoro de médio porte, delgado, com membros baixos, cauda muito longa, focinho pontiagudo e orelhas grandes, erectas e triangulares. Pelagem espessa onde predomina o tom cinzento, com manchas negras que formam listas longitudinais. A cauda, bastante característica, tem um tamanho semelhante ao corpo e apresenta 9 a 12 anéis negros. Têm como base de alimentação os roedores e aves. Alimenta-se também de répteis, frutos e insectos, consoante as características do habitat e a altura do ano.

A Geneta espécie trepadora, ocupa uma grande variedade de ambiente, desde florestas de caducifólias e mistas, a zonas rochosas. As zonas com matagal perto de cursos de água são também habitats preferenciais. A toca é feita em árvores ou em buracos entre as rochas.

É um animal solitário e territorial, possui hábitos crepusculares ou nocturnos, repousando durante o dia em buracos no interior de árvores, nas copas cerradas de árvores ou em zonas de matagal denso. As latrinas, que são utilizadas por várias genetas e durante vários anos, são usadas como veículo de marcação do território e de comunicação entre os indivíduos. A gineta é um animal ágil, que trepa e nada muito bem. Quando assustada emite gritos de alarme.

Jibóia / Southern African Python
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Família: Pythonidae

Descrição

Python sebae natalensis é uma espécie não-venenosa encontrada na África sub-saarianae,e é encontrada no sul de Moçambique, Zimbabwé, Botswana, norte da Namíbia, Suazilândia e África do Sul (norte de KwaZulu-Natal, Mpumalanga e Limpopo). Ela está presente numa grande variedade de habitats, incluindo savana e floresta de várzea.

É uma das maiores cobras do mundo e a maior de África, aproximando-se a 20 pés de comprimento.

Ao contrário da maioria das serpentes, as fêmeas protegem activamente os seus filhotes até duas semanas após terem eclodido a partir dos seus ovos. A reprodução ocorre na primavera e conseguem pôr até 100 ovos de uma vez. Os filhotes medem entre 45-60 cm e são idênticos aos adultos, excepto com mais cores contrastantes.

A Jiboia é um predador emboscada e um alimentador oportunista. Ela irá consumir quase todo o animal transversalmente. Jibóias jovens alimentam-se principalmente de pequenos roedores, o que torna as cobras juvenis populares com agricultores locais para a redução das espécies prejudiciais às culturas, como a rato-da-cana. No entanto, os adultos são capazes de se alimentar de grandes presas, incluindo jovens crocodilos, cabritos, gazelas, javalis e até mesmo os seres humanos, tornando-os muito perigosos. Embora esta espécie possa facilmente matar um humano adulto, os ataques são raros. O último caso conhecido em que uma pessoa foi comida ocorreu na África do Sul em 2002, a vítima era uma criança de 10 anos de idade.

Lagarto do Nilo / Nile Monitor
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Ordem: Squamata
Família: Varanidae

Descrição

O Lagarto-do-Nilo (Varanus niloticus) é um lagarto gigante da família Varanidae. Trata-se de um dos maiores lagartos do mundo, com 1.5 a 2 metros de comprimento, e é parente próximo de outros pesos pesados da família como o dragão de Komodo. O Varanus niloticus pode ser encontrado no continente africano e foi introduzido acidentalmente na Flórida.

Possui hábitos aquáticos, mas também é muito hábil em terra. São carnívoros e costumam alimentar-se de peixes, anfíbios, aves, pequenos mamíferos, grandes invertebrados, ovos e carniça.

Macaco-Asiático / Pig-Tailed Macaque
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primatas
Família: Cercopithecidae

Descrição

Esta espécie tem bochechas para carregar comida. A massa corporal de adultos do sexo masculino é de 10-14 kg, e para as fêmeas varia de 5 a 11 kg. Esta espécie tem uma cauda relativamente curta em comparação com outros macacos. O rosto é desprovido de cabelo.

O Macaco Asiático é encontrado em países como Bangladesh, Butão, Birmânia, Camboja, China, Indonésia, Laos, Malásia, Tailândia e Vietnã.

Esta espécie de macacos come folhas, brotos, insectos e frutas e grãos.

Macaco-Cão / Baboon
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primatas
Família: Cercopithecidae

Descrição

O Macaco-Cão (Papio cynocephalus) é um babuíno da família de macacos do velho mundo.

Cynocephalus significa literalmente "cabeça de cão", em grego, devido à forma do focinho e da cabeça. Tem um corpo esguio, com longos braços e pernas e um cabelo marrom-amarelado. Assemelha-se ao Baboon Chacma mas é menor e o seu focinho não é tão alongadoa. O rosto sem pêlos é preto, moldado com as patilhas brancas. Os machos podem crescer até cerca de 84 cm, fêmeas cerca de 60 cm. Têm uma longa cauda, que cresce para ser quase tão longa quanto o corpo. A esperança média de vida é de aproximadamente 20 a 30 anos.

O Macaco-Cão habita em savanas e florestas no leste da África, a partir do Quénia e da Tanzânia para o Zimbabwé e Botswana. É diurno, terrestre e vive em grupos sociais, com cerca de 8 a 200 indivíduos por tropa. É omnívoro, com preferência para as frutas, mas também come outras partes das plantas, bem como de insectos. Os babuínos são comedores altamente oportunistas e comem quase qualquer alimento que possam encontrar.

Os babuínos usam pelo menos 10 vocalizações diferentes para comunicar. Quando viajam em grupo, o macho levará, mulheres e jovens no meio para permanecerem seguros, e os machos menos dominantes vão atrás. Num grupo de babuínos a hierarquia é um assunto tão sério que algumas sub-espécies desenvolveram comportamentos interessantes que se destinam a evitar confrontos e represálias.

Macaco Cinzento / Vervet Monkey
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Primatas
Família: Cercopithecidae

Descrição

Diferentes tipos de vervets variam em cor, mas geralmente o corpo é um cinza esverdeado azeite ou prateado. A face, orelhas, mãos, pés e ponta da cauda são pretos, mais uma faixa branca na testa e no bigode.

Os machos são ligeiramente maiores do que as fêmeas e são facilmente reconhecidos pelo seu escroto azul turquesa. O vervet está classificado como um macaco de porte médio a grande. A sua cauda é levantada com a ponta curvada para baixo. Braços e pernas são do mesmo tamanho.

Estes animais medem 60 a 75 cm, mais 55 cm para a cauda, e têm uma esperança média de vida entre 25 a 30 anos.

Os vervets habitam em florestas, savanas e planaltos. mas o seu habitat preferido são os bosques de acácia ao longo dos córregos, rios e lagos. Eles são diurnos, dormindo e comendo nas árvores.

Omnívoro, folhas e brotos jovens são os mais importantes, mas cascas, flores, frutos, bulbos, raízes e sementes de gramíneas também são comidos. A dieta vegetariana é completada principalmente com insectos, ovos de pássaros, e, por vezes, roedores e lebres. Eles raramente bebem água.

A sua socialização é complexa, mas grupos sociais estáveis (também chamado de tropas) de 10 a 50 macacos, que consistem principalmente de fêmeas adultas e suas crias. O vervet masculino movimenta-se livremente dentro e fora desses grupos. Entre a tropa, cada fêmea adulta é o centro de um agrupamento familiar de pequeno porte. As fêmeas que tenham atingido a puberdade geralmente ficam na tropa. Os vervets passam várias horas por dia removendo parasitas e outros materiais da pele de um outro vervet. Na sua hierarquia, os dominantes obtêm o máximo de cuidados. A hierarquia familiar é sustentada com expressões de ameaça, como movimentos com as pálpebras.

Os vervets raramente arriscam mais do que cerca de 500 metros das árvores, uma vez que eles são vulneráveis a uma variedade de predadores, incluindo leopardos, caracal, servals, babuínos, grandes águias, crocodilos e pítons.

Curiosidades

Os antigos egípcios ricos mantinham os vervets sem rabo, como animais de estimação. Alguns eram mumificados e enterrados.

Milhafre / Yellow-Billed Kite
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Accipitriformes
Família: Accipitridae

Descrição

Conforme sugerido pelo seu nome, o "Yellow-Billed Kite" é facilmente reconhecido pelo seu bico inteiramente amarelo, ao contrário do que o Milhafre-Preto (que está presente em África como um visitante durante o inverno do Hemisfério Norte).

Eles são encontrados em quase todos os habitats. Eles alimentam-se de uma grande variedade de pequenos vertebrados e insectos.

Rola / Dove
Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Columbiformes
Família: Columbinae

Descrição

Streptopelia é um género de aves columbiformes, onde se classificam diversas espécies de rola.

As rolas do género Streptopelia são aves de médio porte, com comprimentos entre 25 e 36 cm. A plumagem é geralmente cinzenta, com tons acastanhados ou púrpura em algumas espécies. A maioria apresenta um colar preto na zona posterior do pescoço. Um critério útil na distinção das várias espécies é o padrão de cores da cauda.

São aves muito territoriais na época de acasalamento e alimentam-se de sementes de gramíneas e outras plantas herbáceas ao nível do solo. O seu estômago, em geral, contém bastante areia, que auxilia a triturar os alimentos.