O Zoo

O Jardim Zoológico de Maputo foi fundado pela Associação do Jardim Zoológico de Moçambique, AJZM, em 1929, localizando-se à saida da cidade de Maputo, no início da estrada nacional n.1.

Abrangendo uma área de Zoo e de Reserva Natural de mais de 70ha no conjunto, chegou a dispor de uma ampla e representativa variedade de espécies de mamíferos, répteis e pássaros bem como de flora, constituindo um verdadeiro pulmão verde da cidade cuja importância, ainda hoje, importa preservar e potenciar.

 

Porém, nas últimas décadas, diversas vicissitudes de ordem económica, financeira e institucional conduziram à acentuada degradação das infraestruturas, à perda de muitas espécies e exemplares e ainda à ocupação ilegítima de cerca de 35ha da área de Reserva Natural.

 

Não obstante estes factores, existe uma importante diversidade de flora assim como animais de diversas espécies de mamíferos répteis e pássaros, cuja preservação em condições adequadas e dignas e apropriado maneio importa assegurar.

 

É neste contexto que a a AJZM, em parceria com o Conselho Municipal de Maputo, criou em Janeiro de 2009 uma comissão conjunta com o objectivo de dinamizar o processo de reabilitação e desenvolvimento do Jardim Zoológico de Maputo.

A Associação do Jardim Zoológico de Maputo, AJZM, é uma entidade sem fins lucrativos e de interesse público, constituída por indivíduos singulares e colectivos que criou e titula o Jardim Zoológico de Maputo e possui a sede na Avenida de Moçambique, Maputo.

Missão

A AJZM tem como objectivo e missão contribuir para a preservação de espécies de fauna e flora com valor ecológico e ambiental importantes, para a educação ambiental e de conservação de cidadãos e comunidades, principalmente das camadas mais jovens da população, em particular de estudantes de todos os níveis e ainda disponibilizar áreas verdes e de lazer com características muito específicas aos cidadãos das cidades e outros visitantes.

A Direcção da AJZM, lançou um conjunto de iniciativas
  • Elaborar um plano e um programa de reabilitação para o Zoo de Maputo, incluindo a readequação do actual layout do Jardim Zoológico, estando previsto o estabelecimento de parcerias técnico – científicas com instituições congéneres para este efeito;
  • Elaborar um programa de intervenção de curto prazo com vista a salvaguardar a sobrevivência das actuais espécies de fauna e flora, proceder à recuperação de emergência de algumas das infraestruturas cruciais, nomeadamente o sistema de abastecimento de água, algumas vedações e recintos de algumas espécies e proteger os 42 ha de área ainda disponível de mais ocupações ilegais;
  • Estabelecer novas parcerias estratégicas que gerem recursos indispensáveis para iniciar o programa de intervenção de curto prazo e que, posteriormente, contribuam para o programa de reabilitação de médio e longo prazos;
  • Retomar uma campanha de motivação e recuperação dos associados existentes e de angariação de novos associados com o objectivo de os levar a participar mais activamente nos programas do Jardim Zoológico.

Espera-se que estas actividades, a desenvolver em estreita colaboração com o Conselho Municipal de Maputo e promovidas pela comissão conjunta criada por estas duas entidades, AJZM e Conselho Municipal de Maputo, conduzam à reabilitação e desenvolvimento do Jardim Zoológico de Maputo e que este se transforme de novo numa área de significativo valor ecológico , ambiental, educacional e de lazer, de que todos nos possamos orgulhar.